sábado, 3 de maio de 2008

Linux: lista de comandos comuns (e normalmente cobrados na LPI)

Segue abaixo uma pequena lista dos comandos mais utilizados em sistemas Unix-like. Para maiores informações sobre cada um deles você pode consultar a página man correspondente no seu sistema ou visistar sites como tldm ou guia foca.

Uma pequena observação é que a maioria desses comandos são cobrados nas provas da LPI. Por isso muita atenção no uso e sintaxe de cada um.

bg: deixa um processo executando em background.
chattr: modifica atributos de arquivos e diretórios. Não é referente a permissão de acesso.
chfn: muda a saída do comando finger.
chkconfing: configura a inicialização automática de daemons.
clear: limpa a tela.
cmp: comparação binária entre dois arquivos.
cut: mostra determinado trecho de linha/coluna de um arquivo.
date: visualiza/modifica data e hora do sistema.
depmod: verifica a dependência de determiando módufo.
df: espaço ocupado/disponível dos dispositivos de armazenamento montados.
diff: comparação texto entre dois arquivos.
dig: ferramente de lookup para servidores DNS.
dirname: obtém o nome do diretório.
dmesg: mostra as mensagens da inicialização do sistema.
dnsdomainname: mostra o nome do domínio do sistema.
du: mostra espaço ocupado dentro do diretório atual.
echo: mostra mensagens.
edquota: edita configurações de cota de disco.
expand: subsitui TABs por espaços simples.
find: faz uma busca no sistema.
finger: mostra detalhes sobre os usuários do sistema.
fg: pega um processo em bacvkground e o deixa em foreground.
fmt: formata a sa´dia para determinado número de caracteres por linha.
free: mostra espaço disponível de memória.
grep: buscar uma sequência de caracteres.
groupadd: adiciona um grupo no sistema.
groupdel: remove um grupo do sistema.
groups: mostra o nome dos grupos cadastrados.
halt: atalho para desligar imediatamente o sistema.
head: mostra as linhas iniciais de um arquivo.
hexdump: visualizados de arquivos binários em hexa.
host: ferramente de lookup para servidores DNS.
hostname: mostra/altera o nome do computador.
id: retorna informações sobre o usuário.
insmod: carrega módulos do kernel sem checar as dependências.
join: concatena arquivos baseado em campos.
kmod: carrega módulos automaticamente pela demanda.
last: mostra o histórico de logins e logouts no sistema.
lastlog: mostra o último login no sistema.
less: paginação de arquivos ou da entrada padrão.
ldconfig: cria links necessários e cache das bibliotecas encontradas no sistema.
logname: mostra o login.
ln: cria links no sistema.
logger: permite que scripts adicionem entradas em arquivos no /var/log.
lpc: contra a fila de impressão.
lpq: mostra o estado da fila de impressão.
lpr: envia um arquivo para fila de impressão.
lprm: remove um trabalho da fila de impressão.
lsattr: visualiza atributos de arquivos e diretórios: Não é referente a permissão de acesso.
lsmod: lista os módulos carregados pelo kernel.
mesg: permite a comunicação através do talk.
modconf: interface que facilitar o carregar de módulos.
modinfo: exibe informações sobre determinado módulo incluindo opções de configuração.
modprob: carrega módulos do kernel checando as dependências.
more: paginação de arquivos ou da entrada padrão.
netstat: mostra conexões, roteamento estatisticas e etc.
newgroup: altera a identificação do grupo de um determinado usuário.
nl: numera as linhas de um arquivo. Equivale cat -b.
nohup: inicia um programa e o joga para background caso o usuário se deslogue.
passwd: modifica a senha de um usuário.
paste: concatena arquivos lado a lado.
ping: envia pacotes ICMS para outro host da rede.
pwd: mostra o diretório atual.
quota: monitoração e controle das cotas.
quotacheck: estatísticas de uso das cotas de disco.
reboot: atalho para reiniciar imediatamente o sistema.
repquota: gerador de relatórios sobre as cotas.
rmmod: remove módulos carregados pelo kernel.
runlevel: mostra o runlevel anterior e atual.
seq: imprime uma seqüência de números.
shutdown: desligamento e reinicio do computador imediatamente ou de maneira programa.
sort: organiza conteúdo de arquivos ou a entrada padrão do programa.
su: permite uma "troca rápida de usuários".
sg: permite uma "troca rápida de grupo".
sync: grava dados na memória ram ao invés do cache de disco, deixando para faze-lo em caso de ociosidade do sistema.
tail: mostra as linahs finais de um arquivo. inverso do comando head.
talk: inicia uma conversa com outro usuário logado.
tee: lê uma entrada e redireciona para uma ou mais saída.
telinit: modifica o runlevel atual do sistema.
time: mostra tempo gasto para execução de um processo do sistema.
touch: cria arquivos vazios e muda data/hora de arquivos existentes.
tr: modifica ou deleta caracteres.
uname: retorna nome e versão do sistema.
unexpand: subsitui espaços simples por TABs.
uniq: exibe um arquivo texto suprimindo linhas seqüênciais repetidas.
uptime: mostra a quanto tempo o sistema está ligado.
useradd: adiciona um usuário no sistema.
userdel: remove um usuário do sistema.
users: mostra o nome dos usuários cadastrados.
vigr: abre uma seção do vi apropriada para edição do arquivo /etc/group.
w: mostra quem está logado no sistema e o que está fazendo.
wall: envia uma mensagem a todos os usuários logados no sistema.
wc: contado de palavras, bytes e linhas de um arquivo ou da entrada padrão.
which: mostra a localização de um arquivo binário que esteja no PATH do sistema.
who: mostra em questá logado no sistema.
whoami: mostra o seu usuário.

Nenhum comentário: